Quando o amor acaba: o fim de uma sociedade

Post originalmente publicado no Carreira Solo.

Prezados leitores,

Como vão?

Sempre que possível, gosto de acompanhar decisões como essa que expõem a forma como o nosso Judiciário interpreta o mundo corporativo. Particularmente essa questão bastante intrincada da retirada de um sócio.

Abaixo, vou usar o recente (27.03.15) julgado do STJ (REsp nº 1.335.619), cujo tema foi justamente os critérios para apuração de haveres do sócio retirante de sociedade por quotas de responsabilidade limitada para introduzir esse assunto para vocês.

Continue reading Quando o amor acaba: o fim de uma sociedade

Share This: